terça-feira, 24 de maio de 2016

Receita Federal atua no sul do RS

Última atualização 24/05/2016 20:40

A Receita Federal em continuidade ao patrulhamento aduaneiro realizado na manhã na região sul do estado do RS na data de hoje, 24 de maio, foi abordado o veículo VW/Gol, com placas de Caxias do Sul/RS.  A abordagem ocorreu no km 595 da rodovia BR116, próximo ao município de Pedro Osório/RS.  

O veículo estava  repleto, em seu interior, de lençóis elétricos/térmicos, com indícios de destinação comercial, sem comprovação da regular entrada no país das mercadorias. Constatou-se que o condutor é reincidente nesta atividade.  As mercadorias e veículo ficaram retidos pela Receita Federal em Jaguarão/RS e o condutor liberado. Estima-se o valor das mercadorias e veículo retidos em R$ 18 mil.







Receita Federal apreende mercadorias em Jaguarão/RS

Última atualização 24/05/2016 20:25


Em patrulha aduaneira, agentes de repressão ao contrabando da Inspetoria da Receita Federal em Jaguarão/RS, nesta madrugada, 24 de maio, apreenderam um Fiat/Uno, com placas de Pelotas/RS, com três caixas de cigarros paraguaios, em estrada vicinal de Arroio Grande/RS. 

O condutor do veículo foi encaminhado para lavratura do flagrante pelo crime de contrabando na autoridade policial local. A bordo do veículo foram encontrados fardos de fumo nacional, caixas de papel para fazer cigarros mais de 2 mil maços de cigarros paraguaios.  A carga e o veículo, que restaram retidos pela Receita Federal, foram estimados em R$ 15 mil.  



Receita Federal e BM apreendem mercadorias no sul do RS

Última atualização 24/05/2016 20:00


A Receita Federal, com apoio da Brigada Militar, fiscalizou três estabelecimentos comerciais na Estação Rodoviária de Santa Vitória do Palmar – RS nessa terça-feira, dia 24 de maio.


Durante a fiscalização aduaneira foram retidos 40 volumes contendo vestuário, eletrônicos e brinquedos com fortes indícios de ingresso irregular no país. Estima-se em R$ 25.000,00 o total de mercadorias retidas.



Os responsáveis pelas empresas receberam prazo para comprovar a importação legal das mercadorias. Ao final do processo, caso não seja comprovada a regularidade fiscal, as mercadorias serão objeto da pena de perdimento, sendo os proprietários representados ao Ministério Público Federal.








sexta-feira, 20 de maio de 2016

Mercadorias estrangeiras retidas pela Receita Federal na Ponte Internacional Mauá em Jaguarão/RS


Durante operação de rotina na Ponte Internacional Mauá, realizada no dia 19 de maio, quinta-feira, servidores da Receita Federal fizeram a retenção de mercadorias estrangeiras que excediam os limites quantitativos permitidos aos viajantes procedentes do exterior na forma da legislação de Bagagem Acompanhada.

Tratando-se a Ponte Internacional Mauá do primeiro local de entrada do viajante no país, denominada zona primária, as mercadorias que excederem os quantitativos permitidos serão retidas e submetidas ao Regime de Tributação Comum e não ao Regime de Tributação Especial. Nessa situação, ainda é permitido aos viajantes seguirem viagem com as mercadorias acompanhadas dentro dos quantitativos autorizados na legislação.  As mercadorias retidas compreendiam jarras elétricas, aquecedores e DVDs. O valor estimado das retenções é de R$ 1.500,00.